Resultados de patrocínio e pesquisa e qualidade da indústria farmacêutica: revisão sistemática

Resultados de patrocínio e pesquisa e qualidade da indústria farmacêutica: revisão sistemática
(Tempo de leitura: 1 minuto)

Joel Lexchin, Lisa A BeroBenjamin DjulbegovicOtavio Clark
O British Medical Journal
2003

Uma revisão sistemática publicada em 2003 sobre British Medical Journal mostrou como o financiamento de um estudo pela indústria farmacêutica foi associado a resultados favoráveis ​​para a molécula da financiadora. Os autores selecionaram 30 estudos realizados sobre a relação entre patrocinadores e resultados de pesquisas entre 1966 e 2002 (6 revisões de farmacoeconomia, 2 meta-análises e 22 análises de grupos de estudos) e concluíram que a pesquisa financiada pela indústria era menos provável a serem publicados do que os financiados com fundos públicos e com maior probabilidade de darem resultado favorável ao patrocinador, até 4 vezes mais (odds ratio 4.05; IC95% 2.98 - 5.51). Nenhum estudo concluiu que os ensaios conduzidos pela indústria eram de baixa qualidade. Em vez disso, a explicação deve ser buscada na escolha "oportunista" do medicamento comparador (notoriamente ineficaz ou administrado em doses muito baixas); Por fim, há um viés de publicação, no sentido de que a indústria tende a não publicar estudos desfavoráveis ​​ao seu produto.

fonte: http://www.bmj.com/cgi/content/full/326/7400/1167