Relatório dos resultados obtidos até o momento (março de 2019)

Relatório dos resultados obtidos até o momento (março de 2019)

Queremos fazer um balanço da situação junto com você. De julho de 2018 a hoje, 8 meses se passaram e nesses meses alcançamos resultados extremamente satisfatórios. Apresentamos um programa de pesquisa e no que diz respeito à análise das vacinas, podemos fazer um primeiro ponto da situação, com os objetivos alcançados, os que estão na fase de conclusão e os que ainda estão no programa.

Começamos esta atualização dizendo que as análises, por padrão, de 2 compostos para cada vacina foram confirmadas, usando padrões de controle certificados com uma concentração na ordem de microgramas / mL. Os compostos que escolhemos estão entre os conhecidos por seu perfil de risco crítico. Estamos falando de uma quantidade cumulativa, ou seja, no total entre aqueles confirmados como identidade e aqueles a serem identificados, que podem ser estimados na ordem de 50 microgramas / mL, em contraste com as diretrizes da EMA / FDA.

Essas confirmações deram resultados positivos e, portanto, confirmam totalmente o método de análise! As contaminações observadas são provavelmente devidas a fenômenos e variáveis ​​associadas ao processo de fabricação. O que foi observado durante os estudos é uma variação a longo prazo dessa composição, que leva à suposição de que existem processos difíceis de controlar no processo geral de processamento do produto.


As análises realizadas permitiram concluir as seguintes etapas:

  • Avaliação da conformidade da composição conforme indicado na folha de dados da vacina
  • Triagem de contaminações químicas, de proteínas / peptídeos e de materiais genéticos
  • Estudo de confirmação de compostos-alvo (químicos e proteínas) com padrões de controle certificados

As seguintes vacinas foram analisadas "completamente":

  • Infanrix Hexa - GlaxoSmithKline Biologicals em
  • Priorix Tetra - GlaxoSmithKline SpA
  • Hexyon - Sanofi Pasteur Europe
  • Gardasil 9 - Vacinas MSD

Essas outras vacinas foram analisadas como triagem inicial:

  • BP viva com vacina contra sarampo - Grupo Poonawalla (Profarma AG, Baar)
  • MMR vax Pro - Vacinas MSD, França
  • PolioInfanrix - GlaxoSmithKline, Bélgica
  • Fluad - Seqirus Srl, Siena
  • Vivotif - PaxVax, Reino Unido

Tecnologias utilizadas

O estudo foi articulado em:

Análise de impurezas e contaminações químicas e proteicas

  • O sistema de análise LC-SACI / ESI-MS associado à inovadora plataforma SANIST foi usado tanto para realizar uma triagem de identificação inicial das vacinas de interesse quanto para confirmar os padrões de controle, com um limite mínimo entre nanogramas e microgramas / dose
  • A tecnologia MALDI-TOF-MS tem sido utilizada para estudar as macromoléculas insolúveis presentes nas vacinas

Análise de material genético

  • Teste de presença de ácidos nucléicos (DNA / RNA) de origem humana e animal e de microrganismos (vírus, bactérias) pelo método Next Generation Sequencing, que permitiu quantificar de maneira altamente específica e precisa a sequência do material genético contido nas vacinas examinado

Análise quantitativa de metais

  • A tecnologia ICP-MS tornou possível quantificar os metais presentes nas vacinas com um limite mínimo de 5ng / dose.

Análise de contaminações químicas e proteicas

Após uma triagem inicial que identificou centenas de sinais químicos nas vacinas, As confirmações foram realizadas usando 2 compostos padrão por vacina, usando padrões de controle certificados, escolhidos dentre aqueles conhecidos por seu perfil de risco crítico e quantidade não residual (de modo que possam ser considerados componentes das vacinas, portanto devem ser incluídos na folha de dados técnicos e quantificados).

Essas confirmações deram resultados positivos, portanto, confirmam totalmente o método de análise. Por enquanto eles foram realizados em apenas dois compostos por razões puramente econômicas, na verdade este estudo não é exaustivo porque é limitado pelo considerável custo da investigação, mas optamos por identificar as normas que têm maior impacto em termos de limitações regulatórias e também é verdade que este tipo de investigação completa dependeria de nós.

As contaminações observadas são provavelmente devidas a fenômenos e variáveis ​​associadas ao processo de fabricação. O que foi observado durante os estudos é uma variação a longo prazo dessa composição, que leva à suposição de que existem processos difíceis de controlar no processo geral de processamento do produto. Considerando os fatores analíticos usuais, pode-se supor que a concentração esteja na ordem de microgramas / mL. Quanto à quantidade cumulativa, é possível estimar, com base em uma avaliação semiquantitativa (uma vez que a maioria dos compostos não é conhecida), que os contaminantes estão na ordem de 50 μg / mL. Isso é importante porque a diretriz da EMA / FDA é clara a esse respeito. As contaminações não devem estar presentes (abaixo do limite de detecção) ou, se estiverem, devem ser bem caracterizadas e comprovadas para aplicar métodos apropriados para reduzi-las o máximo possível. No nosso caso, os contaminantes encontrados não estão abaixo do limite de detecção do instrumento (ng / mL) e, portanto, em nossa opinião, o fabricante não está aplicando nenhum método de purificação. Quanto à presença de vírus adventícios, o problema não existe, porque eles devem estar completamente ausentes.

  • EM ANDAMENTO - As análises de confirmação interlaboratorial desses compostos estão em andamento.
    Os compostos identificados pelas normas serão reconfirmados com a mesma tecnologia em outros laboratórios. Uma das metas que estabelecemos é coordenar essa ação também com o apoio de associações internacionais.
  • EM ANDAMENTO - Estudo da cinética de precipitação de antígenos ligados ao alumínio.

Análise metagenômica

  • EM ANDAMENTO - Análise com padrões adicionais de controle de DNA e RNA de outro lote por vacina.
    Desde o início deste projeto, ficou claro para nós que as análises, a fim de atender aos requisitos necessários para a repetibilidade e precisão dos dados, tinham que ser realizadas com instrumentação de ponta e monitoramento de quaisquer diferenças entre os lotes e entre lotes diferentes. À medida que prosseguimos com as investigações, outros lotes são analisados ​​continuamente, obviamente limitados aos custos e disponibilidade dos produtos.
  • EM ANDAMENTO - Análise de seqüenciamento do genoma do DNA fetal da linha celular MRC-5.
    Já na primeira triagem, tivemos a oportunidade de confirmar por padrão que as linhas diplóides utilizadas eram MRC-5, conforme indicado na folha de dados. Queremos aprofundar o estudo dessa linhagem celular também pelo fato de ela estar presente em quantidades consideráveis ​​e de tamanho absolutamente considerável.
  • EM ANDAMENTO - Estudo de pequenas variantes (quasispecies) dos vírus do sarampo, caxumba e rubéola.
    Em comparação com o primeiro relatório de julho de 2018 (https://goo.gl/cSspVH), encomendamos o estudo aprofundado das variantes secundárias, uma vez que as mutações dos vírus atenuados da vacina não foram as únicas encontradas. Esse elemento também coloca enormes dúvidas sobre a eficácia e segurança da vacina. O resultado levará mais tempo que os outros relatórios, porque a verificação das seqüências dos vários mutantes deve ser feita manualmente.
  • EM PROGRESSO - Análise de confirmação interlaboratorial
    Identificamos laboratórios estrangeiros e nacionais nos quais encomendamos a replicação das análises por padrão. Este resultado estará disponível em breve.

Projetos em avaliação

Estudo da potência dos antígenos vacinais: este estudo deve ser realizado em um centro credenciado pelas agências reguladoras para o estudo pré-clínico de vacinas. O objetivo é verificar se os antígenos da vacina são capazes de produzir ou se ligar a anticorpos específicos (é teoricamente assumido que esses anticorpos são protetores, mas essa análise não permite demonstrar que a vacina é capaz de proteger da doença). O custo dessa etapa pode ser considerável; portanto, o projeto é hipotético por enquanto.


Download: CORVELVA-report-de-resultados-ottenuti.pdf