Vamos a Varsóvia: audiência no Parlamento polonês

Vamos a Varsóvia: audiência no Parlamento polonês
Bem, aqui estamos, um ano está chegando ao fim e é preciso dizer que estava crepitando. Objetivamente, 2017 foi um ano de defesa contra ataques contínuos. Um ano que nos desgastou e nos desgastou. Choramos e rimos, era o ano das praças e como esquecer Pádua, Verona, Veneza, Treviso e Vicenza com milhares de pessoas na praça gritando Libertà (falamos sobre Vêneto, mas toda a Itália deu muito).
2018 foi o ano da revolta. Passamos de chorar a reagir. As análises são apenas parte do trabalho realizado e a maior parte foi feita por seus pais, exigindo liberdade de escolha.
2018 também foi o ano da "mudança", pelo menos no papel. Um novo governo abriu a esperança, mas com o DDL770 fechou-o parcialmente, mesmo que o capítulo não esteja concluído, pelo contrário. Este governo, se tem falhas, um acima de tudo é desconsiderar a alma pop. Dois partidos, Lega e Movimento 5 Stelle, que sempre se declararam "próximos do povo" e sempre tiveram contato direto com os cidadãos, agora temem falar com os supostos NoVax feios e ruins ... e sim, pedimos apenas liberdade de escolha no campo terapêutico.
Enquanto nossos governantes pensam se e como lidar com as análises recentes encomendadas por nós (nenhuma menção recebida), um parlamento estrangeiro, o polonês, nos convida a apresentar nossos resultados em uma reunião intitulada "Segurança da vacinação".
Para Corvelva expor nossas análises, será a Dra. Loretta Bolgan (como é óbvio que está sendo um tópico técnico).
Naquele dia, além de Corvelva com os primeiros resultados de nossas análises, o professor Christopher Exley também foi convidado a falar sobre os problemas relacionados aos adjuvantes ... enfim, assim como na Itália ... já!
Haverá um representante da Corvelva e do CLiVa Toscana no Parlamento em Varsóvia, apenas como representante, sem dizer uma palavra, mas simbolicamente unidos, ajudando junto com este novo pequeno passo.
Desejando a todos um bom final de 2018 e um ótimo começo de 2019, imediatamente nos preparamos para 8 de janeiro ... Varsóvia nos espera e será um prazer conhecer os amigos de "Stop Nop".
saudações por Ferdinando Donolato e todos os funcionários da Corvelva
https://www.corvelva.it/speciali-corvelva/comunicati/andiamo-a-varsavia-audizione-al-parlamento-polacco.html