Pré-publicação do método de análise metagenômica

Pré-publicação do método de análise metagenômica

Aqui estamos nós! Temos o prazer de informar que o Corvelva publicou previamente a metodologia das análises metagenômicas recentes.

Como você sabe, Corvelva vem se concentrando na há quase um ano análise de várias amostras de vacina, e os primeiros dados publicados recentemente dizem respeito à presença de material genético em algumas vacinas atualmente comercializadas, analisadas pelo NGS (Next Generation Sequencing, também conhecido como deep sequencing), um método inovador de sequenciamento a partir do qual é possível reconstruir toda a sequência de genomas DNA viral e RNA e genomas bacterianos presentes na amostra e compará-los com os genomas de referência presentes em bancos de dados públicos.

Dito isto, estabelecemos várias metas para o nosso projeto, certamente para verificar a conformidade das vacinas analisadas como primeiro objetivo, mas também, como gostamos, para disponibilizar nossas análises a todos, não apenas nos resultados, mas também no método e na replicabilidade .

Graças a esta publicação, o método para sequenciar o material genético que pode estar presente nas vacinas como impureza é tornado público, o que permitirá que qualquer pessoa entre em contato com qualquer laboratório equipado para o "sequenciamento profundo" e possa replicar a análise. Garantimos que, em comparação com 5 anos atrás, é fácil encontrar a tecnologia para o "sequenciamento profundo".

Isso permite que todos, em todo o mundo, tornar-se um organismo de controle sem ter que investir grandes quantias de dinheiro para refinar o método de extração. Corvelva esperou meses antes de dar os primeiros resultados e financiou os laboratórios para trabalhar nisso.
Para nós, é realmente uma conquista importante, independentemente do conteúdo da publicação, extremamente técnica e focada apenas no método, portanto não popular ou útil estritamente para a causa, esta etapa move nossa batalha para um nível superior: de Melbourne, em Roma, qualquer pessoa pode verificar independentemente o material genético contido em qualquer vacina.

No recente artigo pré-publicado sobre F1000research "Você me ama? Efeito da redução de cobertura na identificação de espécies e reconstrução de genoma em matrizes biológicas complexas por sequenciamento de alto rendimento de metagenoma" A tecnologia NGS foi usada para analisar diferentes tipos de matrizes biológicas, incluindo os dois lotes de uma vacina contra sarampo, caxumba, rubéola e varicela que analisamos (o Priorix Tetra), com o objetivo de demonstrar a capacidade desse sistema de caracterizar o componente biológico em uma matriz complexa.

Existem outras publicações científicas que atestam que, através do NGS, foi possível demonstrar o nexo de causalidade do dano com a amostra da vacina: agora na presença de danos, pode ser verificado independentemente e demonstrado nos locais apropriados.
Sim, este ponto é vital para nós, agora na Itália a Lei 210/1992 é uma quimera, uma pista de obstáculos feita por obstrucionismo, negação e burocracia. Agora haverá um instrumento adicional de luta e, em perspectiva, será possível mudar o paradigma da compensação por danos, demonstrando que a causa e a conseqüente compensação estão no mesmo fabricante da vacina. Haverá muito trabalho nisso, mas essa pré-publicação é apenas o primeiro passo, não paramos.

Voltando ao artigo pré-publicado sobre a pesquisa F1000, pode-se observar que cerca de 80% das seqüências obtidas com a tecnologia NGS nas duas amostras de vacina são compostas de DNA humano, como uma impureza presente no processo de fabricação; em nosso site, já publicamos os certificados de análise das sete amostras estudadas e parece que a quantidade total de DNA estranho no Priorix Tetra não é residual e é de aproximadamente 2 microgramas, provenientes da linha celular fetal humana MRC-5 usada para crescer vírus da rubéola e varicela.
Este resultado confirma a pesquisa do “Relação Epidemiológica e Molecular entre Fabricação de Vacinas e Prevalência de Transtorno do Espectro do Autismo". Deve-se lembrar que o Dr. Deisher demonstrou preliminarmente que o DNA fetal apresenta problemas de segurança, pois pode levar à recombinação com o DNA genômico do hospedeiro, um mecanismo responsável pela carcinogênese e doenças autoimunes e, portanto, é É apropriado usar o limite máximo de precaução de 10 ng para as linhas imortalizadas.

Conclui-se que o outro objetivo deste trabalho é a elaboração ou revisão das diretrizes sobre os limites de impurezas e a melhoria da qualidade das vacinas, para maior proteção para aqueles que escolhem, de maneira informada e informada, a vacinação.

Por fim, esperamos que esses resultados estimulem outras pessoas a investigar novas vacinas e iniciar novos estudos sobre a segurança dos componentes da vacina.

Ferdinando Donolato * e Loretta Bolgan **

* Presidente Corvelva
** Graduado em Química e Tecnologias Farmacêuticas, PhD em Ciências Farmacêuticas. Ele trabalha como consultor da Dlg. 210, segurança de medicamentos, doenças ocupacionais, poluição ambiental e terapias nutricionais.


Referências

  • Qin J, Li R, Raes J, et al.: Um catálogo de genes microbianos do intestino humano estabelecido por sequenciamento metagenômico. Grupo de Publicação da Natureza; 2010; 464 (7285): 59–65
  • Posada-Cespedes S, Seifert D, Beerenwinkel N. Avanços recentes em inferir a diversidade viral a partir de dados de sequenciamento de alto rendimento. Virus Res. 2017 15 de julho; 239: 17-32. doi: 10.1016 / j.virusres.2016.09.016. Epub 2016 28 de setembro. Revisão. PubMed PMID: 27693290.
  • Cattonaro F, Spadotto A, Radovic S e Marroni F. Você me cobre? Efeito da redução de cobertura na identificação de espécies e reconstrução de genoma em matrizes biológicas complexas por sequenciamento de alto rendimento de espingarda de metagenoma [versão 1; árbitros: aguardando revisão por pares]. F1000Research 2018, 7: 1767 (https://doi.org/10.12688/f1000research.16804.1)
  • Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas e entrevistas semi-estruturadas, com o objetivo de avaliar o desempenho dos participantes, bem como avaliar o desempenho dos participantes. , Jacques TS, Schepelmann S, Qasim W, Breuer J. O sequenciamento profundo revela persistência do vírus da vacina contra caxumba associado a células na encefalite crônica. Acta Neuropathol. Jan 2017; 133 (1): 139-147. doi: 10.1007 / s00401-016-1629-y. Epub 2016 21 de outubro. PubMed PMID: 27770235; PubMed Central PMCID: PMC5209397.
  • Deisher TA, Doan NV, Koyama K, Bwabye S. Relação Epidemiológica e Molecular entre Fabricação de Vacinas e Prevalência de Transtorno do Espectro do Autismo. Issues Law Med. 2015 Spring; 30 (1): 47-70. PubMed PMID: 26103708.
  • Jarzyna P, Doan NV, Deisher TA. Mutagênese de inserção e doença induzida por autoimunidade causada por toxinas residuais fetais e retrovirais humanas em vacinas. Issues Law Med. 2016 Fall; 31 (2): 221-234. PubMed PMID: 29108182.

Anexos